quarta-feira, 20 de junho de 2012

O lado Uruguaio da Lagoa Mirim.


A Lagoa Mirim faz uma parte da fronteira entre o Brasil e o Uruguai, no sul do Rio Grande do Sul. As praias das fotos são do lado Uruguaio, ao sul de Rio Branco (fronteira com Jaguarão). Suas águas fluem para a Laguna dos Patos através do Canal de São Gonçalo, em Pelotas e daí para o mar.
É uma lagoa muito rasa, com dois a cinco metros de profundidade, forma inúmeras praias arenosas e pontais, próprios para estações de verão, pesca e lazer.

Com a seca do último outono, a margem da Lagoa Mirim aumentou bastante, expondo áreas que normalmente ficam submersas. É abastecida pelas águas de vários rios e arroios, sendo o rio Jaguarão e o Piratini os mais importantes pelo lado brasileiro.

Pescadores uruguaios e seus barcos coloridos fazem uma composição com o água e os juncos da margem.

Com as águas recuadas devido a seca, observa-se conchas de várias espécies de moluscos, como o Aruá -do-banhado (Pomacea canaliculata), um caracol que serve de alimento para o gavião-caramujeiro.

Flagrante de um gavião-caramujeiro (Rostrhamus sociabilis) macho com um aruá recém capturado sendo levado no bico. Ele vai até um poleiro (poste, árvores ou estaca) e retira da concha o molusco, seu alimento preferido.

2 comentários:

Germano José Greis disse...

Parabéns pela postagem! São fotos muito bonitas e reacendeu meu sonho de navegar nessas águas e descer nessa praias cinematográficas a bordo de meu caiaque.Abraço.

Vitor Hugo Travi disse...

bom dia germano. mesmo com muito atraso na resposta, agradeço o comentário e, se ainda na
ão voltastes a navegar, que o faças logo. abraço. vitor hugo